você quer ter uma ForteMente para trilhar seu caminho com equilíbrio? sim não
Post Forte

Ensinamento

alimentação mindful
Comida e Mindfulness

Qual a sua relação com a comida? Desconta nela toda a ansiedade do dia a dia e se enche de besteiras que, definitivamente, não precisava, só para ter uma pequena sensação de recompensa após dias complicados? ou o extremo oposto: se priva do prazer de comer por medo da culpa que isso pode gerar? 

 


CULPA OU AUTORRESPONSABILIDADE?

 


Comer é um dos grandes prazeres da vida, e não é só maneira de dizer. Pesquisas mostram que o sabor age no nosso cérebro, mais especificamente numa área que chamamos de mecanismo de recompensa e as concentrações de dopamina se elevam. Mas o fato é que nem todo mundo tem uma relação tão boa com a alimentação, os problemas vão da compulsão e do vício à completa abstinência gerada pela culpa de comer (e consequentemente, pela imagem destorcida do próprio corpo). 

A notícia boa é que a prática mindfulness pode te ajudar até na hora das refeições, já que orienta você a sair do piloto automático nas tarefas cotidianas. Se concentrar no momento de comer para ter mais satisfação pode te livrar da culpa! 

Quer saber como isso funciona na prática? Fique de olho nesses passos simples que vão agradar o seu paladar:

1. Dê um tempo 

Qual foi a última vez que você tirou um tempo para comer com calma? 
No dia a dia nos acostumamos a devorar a comida com pressa, seja na mesa do trabalho, ou no carro, mas esse não é um hábito saudável! Sua refeição merece uma pausa livre de distrações. Então na hora que se sentar na mesa, lembre-se de deixar longe o celular e se preocupe apenas com o momento presente. 

2. Entenda os sinais 

Qqual o tamanho da sua fome? Se isso ajudar, você pode dar uma nota para ela de 0 a 10. Esse hábito aliado à atenção plena ao tipo de alimento que seu corpo pede vai te ajudar a consumir apenas o necessário para se sentir satisfeito. 

3. Aprecie 

Comida é muito mais que sabor, é aroma, apresentação, sensação e memória efetiva. Por isso, vale a pena dedicar tempo e afeto do preparo até o fim do prato. Esses diferentes sentidos serão capazes de despertam o cérebro para apreciar o sabor, além de dar start ao processo de saciedade. 

 


COMO CONTROLAR A ANSIEDADE

 


4. Saia do automático 

Novamente, na correria muitas vezes não temos tempo sequer para sentir o sabor da comida, mal engolimos e já temos outra tarefa à nossa espera. Atenção: comer precisa ser um ato de consciência. 

Se você já incluiu uns minutinhos extras na sua rotina, prestar atenção a cada garfada, e contar as vezes que mastiga – pelo menos dez vezes, segundo especialistas – isso também te ajudará a diminuir a velocidade. Outra dica, que a princípio vai parecer inusitada, mas que te fará repensar até a maneira como lida com seu corpo é experimentar manusear os talheres com a sua mão não dominante. Ou seja, se você é destro, finja que é canhoto e coma assim!! 

5. Treine a mente 

Comer não precisa despertar culpa! 
Sempre que a ideia de alimento certo ou errado vier à mente durante a refeição, concentre-se na experiência de estar se deliciando com algo de que você gosta. Praticando a atenção plena a satisfação e a saciedade demoram menos a dar sinal. 

Está preparado para encarar os prazeres de uma outra forma e se deliciar com cada prato servido na mesa? 
Se você ficou curioso e quer saber mais sobre mindfulness eu tenho um programa completo esperando por você é só clicar aqui.